PRIVILÉGIO

PRIVILÉGIO

Vamos falar de privilégio!!
O que é privilégio? O que é privilégio para você?

Privilégio é uma condição de vantagem que uma pessoa tem em comparação aos demais. 

Normalmente nos sentimos privilegiados quando temos ou vivemos algo muito bom. Exemplificando de forma prática: quando vemos alguém passando por uma enfermidade enquanto estamos vendendo saúde. Ou quando estamos diante de uma mesa farta, quando conquistamos algo, quando nos sentimos amados, quando ganhamos um presente, ou quando somos convidados para algum evento importante, com gente importante. A sensação que nos invade é: “Uau! Que privilégio!!” 

E, imediatamente nos constrangemos e temos nosso coração e entendimento tomado de gratidão por aquilo.

…Até que….o que era privilégio se torne normal.
Já aconteceu com você? 

…quando você pensa na sua saúde como privilégio, mas dias depois já está reclamando das gordurinhas, da celulite, do músculo que ainda não cresceu;

…quando você pensa em quão bom é ter comida na mesa todo dia, mas logo está reclamando que a mistura é sempre a mesma, que não tem o refrigerante que você queria;

…quando você agradece pelo amor dos seus pais, da sua família ou do seu marido, mas rapidamente está reclamando que ninguém larga do seu pé, que é chato ficar tão grudado, que você queria mesmo era viver sozinho;

…quando você compra um carro novo ou um celular novo, fica todo orgulhoso e cuidadoso, mas logo se torna normal e ultrapassado. O modelo mais novo que é o bom, o seu se tornou ‘carroça’;

… ou quando você ganha um presente, inesperado, caro, fica constrangido e grato. Cuida daquilo com toda sua força. Mas, tão rápido esquece desse sentimento, pensa que ‘não foi mais que a obrigação’ de alguém ter te dado aquilo, que agora mais dá trabalho do que verdadeiramente prazer.

Vamos lá alguém?! Você não faz isso? Nunca fez isso?

Quando conhecemos Jesus e nos sentimos amados por Ele, constrangimento e gratidão invadem nosso coração. Entregamos nossa vida a Ele, dizemos: “Você é o meu Salvador, Senhor da minha vida”,  e por alguns momentos nos sentimos privilegiados por termos sido aceitos por Jesus, em amor e novidade de vida..

Mas, rapidamente voltamos atrás, pensando que não era bem assim, quando afirmamos “Senhor como dono da minha vida”, era do meu jeito. Meu salvador, da minha vida, mas do meu jeito.

É uma pena, mas isso não é uma característica apenas dos cristãos de domingo. Mesmo aqueles que caminham com Jesus, rendendo sua vida e todos os seus caminhos a Ele, caem nesse mesmo engano.

Esperamos ansiosamente por uma oportunidade nos times para servir e fazer, e quando podemos finalmente participar: “Uau, que privilégio fazer para o Senhor!” Até que…essa oportunidade se torna algo comum, ou as coisas não saem exatamente do nosso jeito, não acontecem no nosso tempo, começamos a ver só regras e dificuldades. O privilégio vira castigo. É tão chato e tão pesado quanto o carro que está velho, ou o celular que não atualiza. É tão trabalhoso quanto o presente que ganhamos mas agora custa tanto para manter. 

SERVIR AO SENHOR É UM PRIVILÉGIO! 

Quando Ele aponta o dedo em nossa direção e diz: “Venha, faça isso!” – e, isso pode acontecer diretamente Dele ou através da vida de alguém – seja lá o que for, é um presente. Quando podemos participar daquilo que o Senhor está fazendo na igreja, na cidade, no país ou no mundo – onde quer que seja – é um PRIVILÉGIO! Ele está te dando uma condição de vantagem em comparação a maioria das pessoas. 

Sabe qual é a vantagem? Participar, cooperar, ajudar, naquilo que Ele está fazendo.

O privilégio é ter a oportunidade de estar no meio do que Jesus, o Rei dos Reis, está fazendo. Seja limpando ou ensinando. Seja contribuindo financeiramente ou intelectualmente. Não importa!

Deus é o autor da história da humanidade. Nele está o começo, o meio e o fim de todas as coisas. Ele é poderoso para fazer tudo sozinho, mas escolheu dividir isso com seu povo. Ele nos escolheu para participar daquilo que Ele está fazendo agora. Assim como Ele escolheu tantos homens e mulheres para fazer, liderar e servir ao longo da história. 

Moisés foi escolhido por Deus para libertar seu povo da escravidão. Que privilégio!! Moisés poderia participar do plano de Deus ativamente! Será que nos anos que passou no deserto, essa liderança pareceu ser tão privilegiada assim? 

Davi, desde bem moço, escolhido e ungido Rei. Uau, que privilégio!! Creio que não pareceu tão animador assim enquanto ele fugia, escondido em cavernas, esperando anos e anos para assumir o seu lugar.

E os apóstolos? Imagina cada um deles sendo escolhido pelo Messias? “Ei você, siga-me!” (Mt4.19). Que privilégio, que constrangimento e gratidão deve ter inundado a vida deles. Vendo os milagres e curas, as multiplicações, recebendo autoridade…”Uau, que privilégio!!” E quando Jesus foi crucificado? Pareceu ser tão vantajoso assim? E quando eles foram perseguidos, espancados e mal compreendidos? Será que o ‘privilégio’ passou a ser ‘castigo’? 

Algum desses desistiu? Entregou seu privilégio a outros?

Essa é uma realidade: Nós vivemos assim!!

Nos sentimos privilegiados quando Deus aponta o dedo para nós e nos entrega algo. Quando Ele nos chama para participar do plano Dele, para cooperar, para servir, para ser parte do que Ele está fazendo, nos maravilhamos com tamanho privilégio!!

Mas, como o celular que fica velho e lento, esse presente fica tão chato rapidamente. Porque não é do nosso jeito, nem no nosso tempo, porque está muito difícil, porque tenho que abrir mão das minhas vontades, porque tenho que me submeter ao Senhor de todas as coisas. Ele é o dono da história!! Ele é o dono de tudo!!

Então, fica chato e pesado, e muito trabalhoso, e desistimos! Simplesmente devolvemos o nosso presente, como crianças ingratas.

Mas quando temos o entendimento e olhamos da perspectiva de que a história e a missão é de Deus e, nós somos escolhidos para cooperar com Ele, para participar do que Ele já escreveu e está fazendo – isso muda todas as coisas!!

Sempre será um privilégio!! Sempre será um presente participar junto com o criador: ouvir a Sua voz e ser a Sua mão aqui, ser os Seus braços ou a Sua voz.

Se esforce para não perder essa verdade. Se esforce para não esquecer de que, seja lá o que for que Deus te escolheu para fazer, é um presente. É um privilégio!!

Por mais difícil que seja, por mais confrontado, espremido e esmagado que você seja, permaneça no lugar em que Deus te colocou. Ele apontou o dedo para você e te chamou para participar. Nunca se deixe enganar, nunca perca de vista o quão privilegiado você é.

A missão de Deus não para, e a história tem um fim. Se não vivermos de modo a entender o privilégio de participar com Deus, outras pessoas viverão, e cooperarão e participarão do que Ele está fazendo e ainda vai fazer.

“Não se amoldem ao padrão desse mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.” (Romanos 12.2) 

Senhor, eu clamo a Ti que renove a nossa mente e o nosso entendimento. Não somos nada e não fazemos nada sem a sua escolha e permissão. O Senhor nos escolhe, nos chama, nos dá infinitas oportunidades de nos render e abraçar o que quer que façamos nessa história que é Sua! O Senhor apontou o dedo para cada um de nós e determinou qual é a nossa parte na Sua história. Eu peço, Espírito de Deus, nos lembre todos os dias o tamanho do PRIVILÉGIO de participar do que o Senhor está fazendo. Não importa se somos vistos ou não, conhecidos ou não, reconhecidos ou não. Participar da história do Senhor é um PRIVILÉGIO! Não nos deixe esquecer isso, porque assim tudo que tivermos que fazer ou enfrentar fica leve e encorajador.

TALVEZ SEUS AMIGOS PODEM GOSTAR DISSO TAMBÉM

Outros que você pode gostar

PARTICIPE DA CONVERSA, DEIXE COMENTÁRIO!

DESCUBRA O CRISTIANISMO EM

6 SEMANAS

Diga sim a essa jornada incrível!
Você receberá um e-mail por semana, com conteúdo prático e de fácil leitura.